Destaque

Autores de homicídios e envolvidos em roubos são presos por Policiais Civis do GIH, de Luziânia.

02 Abr 2014
699 times

Policiais Civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), de Luziânia, em ação conjunta com policiais do 2º Distrito Policial (DP), também de Luziânia, prenderam preventivamente ontem, dia 25, no Jardim Ingá, Maicon Rodrigues da Silva.

Junto com Maicon Rodrigues foi apreendido um menor de idade. Considerados de alta periculosidade, os dois são apontados pela Polícia Civil como homicidas que atuavam na região cometendo diversos outros crimes, em especial roubos.

Disse o Delegado Fernando Gilli, Coordenador do GIH, as ações de Maicon e do menor se caracterizavam por um acentuado grau de violência contra as vítimas, incluindo espancamentos. As investigações realizadas pelos Policiais Civis apontaram os dois como autores de um duplo homicídio e uma tentativa de homicídio, crimes ocorridos no dia 23 de fevereiro último, As vítimas fatais foram Patrícia Barbosa da Costa e Marcus Vinícius Santana Pereira. Na mesma ação eles tentaram contra a vida de Claudisson Andrade da Costa.

Maicon e o menor queriam entrar em uma festa particular no Jardim Ingá. Foram impedidos por Patrícia Barbosa, dona da residência, por se tratar de uma evento particular, reservado a familiares e amigos. Marcus Vinícius sacou de uma arma e efetuou vários disparos contra Patrícia e Marcus Santana. O autor efetuou ainda outros disparos aleatórios em direção aos convidados. Um dos tiros acertou Claudisson Andrade.

Fernando Gilli disse ainda que os dois indivíduos pertencem a uma quadrilha, envolvida em vário crimes na região. “Essa situação fortaleceu a fundamentação na representação que encaminham,os do poder Judiciário pela Prisão Preventiva de Maicon Rodrigues e pela internação provisória do menor.

Com os mandados de prisão e internação em mãos, os Policiais Civis partira para localização de Maicon e do menor. Para o cumprimento das medidas cautelares deferidas pelo judiciário foi articulado, conforme Fernando Gilli, uma ação de parceria entre o GIH e o 2º DP, que já investigava a quadrilha de Maicon pela prática de vários crimes praticados em Luziânia, ao mesmo tempo em que catalogava informações de outras ações em cidades próximas. Gilli afirmou que o sucesso nas prisões só foi possível graças ao empenho de todos os Policiais Civis envolvidos nas investigações e do apoio do Delegado Titular da 5ª DRP, Rodrigo Mendes, ao longo das investigações.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GIH

Rate this item
(0 votes)