Destaque

Items filtered by date: Quinta, 27 Março 2014

O Centro Municipal de Educação Infantil Marina Mofatto é localizado no Jardim dos Turistas

 

A prefeitura de Caldas Novas inaugura nesta sexta-feira, 28 de março, o Centro de Educação Infantil Marina Mofatto. A nova creche é localizada na Avenida A, Jardim dos Turistas, próximo ao Banco de Sangue, e atenderá centenas de crianças gratuitamente.

O prefeito Evandro Magal ressaltou a importância de criar novas vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil. “Muitos pais e mães precisam trabalhar e não tem com quem deixar os filhos. Nas nossas creches existem espaços adequados para as crianças, com profissionais capacitados, ar condicionado, e atividades pedagógicas. O nosso diferencial é oferecer o material didático Positivo, o mesmo que existe em escolas particulares”, ressalta o prefeito Evandro Magal.

De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Gabriela Azeredo, a prefeitura tem concentrado esforços para ampliar cada vez mais o número de vagas em creches em Caldas Novas. A gestora citou que atualmente também é construída uma unidade de educação infantil no Jardim Esmeralda.

A solenidade de inauguração acontecerá a partir das 16h30min com a presença do vice-prefeito Marco Aurélio Palmerston (PSDB), a deputada federal Magda Mofatto (PR), vereadores e secretários municipais. Toda a população está convidada a participar do evento.

 

Serviço: Prefeitura de Caldas Novas inaugura nova creche

Data: Nesta sexta-feira, 28 de março

Horário: A partir das 16h30min

Local: Creche Marina Mofatto (Antigo Colégio Dimensão)

 

Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas (SECOM)

 

Published in Cidade

Uma parceria entre as Secretarias de Meio Ambiente de Goiás e da Cidade Caldas Novas discute a criação de uma 'Zona de Amortização' para preservar as áreas que circundam a Serra de Caldas

 

Projeto da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Caldas Novas tem como objetivo ampliar as áreas de proteção limítrofes à Serra de Caldas Novas. Em reunião com o Conselho do Parque Estadual Serra de Caldas, a secretária de Meio Ambiente, engenheira ambiental Celisa Gratão, estuda medidas para preservar perímetro de 3 quilômetros limiformes à Serra de Caldas.  

A intenção da proposta, explica a secretária, é limitar atividades de exploração mineral, industrial ou produção rural que possam causar danos ao meio ambiente próximo ou na divisa do Parque. 

A  Secretária de Meio Ambiente, que também é membro do Conselho do Parque Estadual de Caldas Novas, afirma que, nos últimos meses, foram realizadas reuniões para debater a criação da Zona de Amortização. A área terá proteção regulamentada por legislação ambiental.  

A Secretária Celisa Gratão explica que foi formado um grupo de trabalho para definir quais tipos de ações poderão ser executadas na área. "Estamos em debate ainda, mas temos ciência que serão permitidas intervenções de turismo ecológico, ações que não agridem o meio ambiente. Mas, haverá fiscalização constante e todas as atividade danosas dentro da Zona de Amortização serão restringidas", afirma Celisa. 

A Portaria que regulamentará as áreas protegidas na Zona de Amortização será publicada pela Secretaria de Meio Ambiente de Caldas Novas anida no primeiro semestre de 2014. O documento será confeccionado assim que haja consenso entre os terrenos atingidos e a as atividades coibidas. Há terrenos nos municípios de Caldas Novas e de Rio Quente. 

"Temos uma força tarefa contínua e multidisciplinar, que estão observando cada detalhe no sentido de proteger a Serra de Caldas e todo seu bioma. Queremos manter as áreas que não têm atividades nesta condição, para não causar mais impactos ao meio ambiente próximo à Serra. Há um estudo profundo neste sentido", diz Celisa Gratão.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas

Published in Cidade

Na manhã de hoje(27/03/14), por volta das 06:00h a Polícia Civil deflagrou a operação "VIDA CIGANA" na cidade de Goiatuba, desta operação, participaram Policiais Civis de todas as Delegacias da área de atuação da 6ª DRP Itumbiara(1º e 2º DPs de Itumbiara, GENARC, GEPATRI, 6ª DRP , Buriti Alegre, Panamá, Goiatuba, Piracanjuba, Pontalina, Bom Jesus, Morrinhos, Caldas Novas e Joviânia) bem como Policiais Civis do GT3 e da DERFRVA, ambas da Capital, totalizando aproximadamente 60 Agentes de Polícia e 11 Delegados.

Esta operação foi deflagrada em virtude de investigação preliminar da Delegacia de Polícia Civil de Goiatuba, chefiada pelo Delegado Gustavo Carlos Ferreira, titular da Delegacia de Polícia de Goiatuba Toda a operação foi coordenada por ele sob a supervisão do Delegado regional de Itumbiara, Dr. Ricardo Torres Chueire.

Preliminarmente, a delegacia de policia de Goiatuba obteve junto ao Poder Judiciário Mandados de Busca e Apreensão e Mandados de Prisão que estavam em aberto,  que foram todos cumpridos, simultaneamente . 

Em decorrência  da ação policial foram presas 11 pessoas em flagrante delito, pelos crimes de furto(furto de energia, gato), posse de arma de fogo e porte de arma de fogo com numeração raspada e 02 pessoas por Mandados de Prisão Preventiva, totalizando assim o saldo de 13(treze) presos nessa ação da policial. 

A ação  foi toda  deflagrada  de forma direcionada a comunidade Cigana de Goiatuba, uma vez que  a comunidade local reclamava, de forma veemente, dos abusos praticados por alguns membros dessa comunidade, uma vez que alguns deles se negavam a andar de acordo com a Lei, insistindo em portar armas em seus acampamentos no perímetro urbano e ainda furtando energia elétrica da rede pública, os famosos gatos de energia elétrica. Como sabemos, a Lei serve para todos independente de cor, raça e credo.

A comunidade cigana na região sul de Goiás vem sendo palco de alguns crimes lamentáveis, em Itumbiara há poucos meses atrás ocorreu um duplo homicídio entre ciganos do mesmo acampamento, com arma de fogo, isso pelo fácil acesso dos mesmos a armamentos.

Por fim todos os presos foram autuados em flagrante delito e aqueles que estavam foragidos,  tiveram seus mandados de prisão cumpridos.

Vale a pena ainda salientar que equipes da CELG, Vigilância Sanitária e de Posturas de Goiatuba colaboraram com a ação.

Published in Região