Destaque

Items filtered by date: Sexta, 09 Maio 2014

Policiais civis de Itumbiara, no sul do Estado, realizaram a prisão de Wilton Martins Ribeiro, de 33 anos, em razão de mandado de prisão preventiva pelo delito de homicídio em desfavor de Webster Correia Severino, também de 33 anos de idade.

Segundo o delegado Lucas Finholdt, titular do 2º Distrito Policial (DP), de Itumbiara, o crime ocorreu no dia 22 de setembro de 2013, no Bairro Ulisses Guimarães, naquela cidade. Após discutirem, vítima e autor entraram em luta corporal em via pública. Vários golpes contundentes de capacete foram desferidos pelo autor, resultando em óbito devido a traumatismo craniano.

Após representação pela prisão preventiva de Wilton, policiais civis descobriram que o investigado estaria escondido em outro Estado. No início da noite do dia 8 de maio, após confirmação do retorno do foragido a Itumbiara, os policiais efetuaram sua captura.

Em interrogatório policial, o autuado confessou a autoria do delito, alegando ter agido em legítima defesa. Wilton Martins possui outras passagem pela polícia, por posse de arma e posse de drogas.

Tanto o crime quanto a prisão foram realizados na região considerada como a mancha criminal da cidade, com o alto índice de crimes violentos registrados no último ano. O inquérito policial será concluído no prazo legal de 10 dias e encaminhado ao Poder Judiciário.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / DEAM/ Goianésia

Published in Região

A Polícia Civil de Caldas Novas apreendeu em flagrante por ato infracional de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, na noite do dia 07/05/2014, o menor J. P. S. N., 16 anos, que comandava um conhecido ponto de tráfico de drogas na Cidade, localizado no Setor Jardim Roma.

Segundo informações do Delegado de Polícia Leylton Barros, o comércio de drogas ocorria próximo a um lava jato de veículos bastante movimentado, o que dificultava a ação da polícia. Após vários dias investigação, a equipe de policiais civis conseguiu surpreender o menor chegando naquele local portando pequenas porções de crack já embaladas e prontas para o comércio.

Em seguida os policiais se dirigiram até a residência do menor, neste momento já acompanhado de sua mãe, e com autorização desta, foi realizada busca domiciliar. Na residência, localizada no bairro Jardim Privê das Caldas, foi encontrada dentro de um ventilador outra porção maior de crack, além de grande quantia de dinheiro em notas de pequeno valor acondicionadas dentro de fronhas de travesseiro. Foram localizados ainda vários objetos eletrônicos, provavelmente produtos de furto e roubo, que segundo o menor seriam recebidos como pagamento de droga.

Concluída a busca domiciliar, a mãe do menor confirmou que a família estava se mudando para outra residência localizada no Setor Itanhangá I, com base nisso o Delegado Leylton e sua equipe se dirigiram até essa nova residência, e no interior desta foi localizado um revólver calibre 38, que seria utilizado pelo menor na cobrança de dívidas de droga. O menor J. P. S. N. foi encaminhado à Delegacia de Caldas Novas, acompanhado de sua mãe, onde se lavrou um Boletim Circunstanciado de Ocorrência pela prática de ato infracional de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. O adolescente já possuía outra passagem na Delegacia por tráfico de drogas.


Published in Policial

 

A Polícia Civil de Ceres, a 170 quilômetros de Goiânia, desencadeou, na sexta-feira, dia 2, a Operação Sentinela, após investigações acerca de roubos de maquinários e insumos agrícolas na região do Vale de São Patrício. Na ocasião, foram presos Marco Túlio Breno Alvarenga, de 22 anos, neto do proprietário da empresa Magril Máquinas Agrícolas, e o motorista Eder da Silva Gomes, 31 anos, que dirigia um caminhão com carga roubada.

De acordo com a investigação, comandada pelo delegado Alexandre Bruno Barros, as cargas eram roubadas em outros estados e revendidas em Goiás. Marco Túlio Breno já vinha sendo monitorado há algum tempo, suspeito de envolvimento nos crimes. Por meio de investigação, a Polícia Civil descobriu que um carregamento seria entregue na noite de 2 de maio. Depois de campana, os investigadores confirmaram a suspeita.

O delegado Alexandre Bruno Barros e os agentes Wilsomar Oliveira, Rodrigo Neves, Fernanda Cabral e Talitha Potenciano aguardaram no local onde mercadorias, avaliadas em R$ 3 milhões de reais, deveriam ser entregues. Horas depois, a equipe avistou um caminhão da empresa Magril fazendo a descarga em um galpão, momento em que os suspeitos Marco Túlio e Eder Gomes foram presos.

No local, ainda foram encontrados pelos policiais outros maquinários e peças que terão sua origem apurada. Segundo levantamento, o maquinário apreendido seria entregue a uma empresa no estado do Maranhão e foi roubado no distrito de Jardim Paulista, município de Nova Glória, confirmando toda a investigação feita pela Polícia Civil de Ceres. 

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil

Published in Estado

A Polícia Civil apresentou ontem a suspeita de ter ateado fogo em Marco Reginaldo da Silva Barbosa, de 32 anos, encontrado em um bueiro no Parque Real Conquista, no fim de fevereiro. A mulher é ex-namorada da vítima e se entregou espontaneamente na quarta-feira.

De acordo com a Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), Keilla Marques de Castro, 29 anos, já era investigada desde quando ocorreu o crime. Ela ficará detida de maneira temporária por 15 dias, prazo que pode ser prorrogado de acordo com as investigações.

Marco Reginaldo teve cerca de 90% do corpo queimado e morreu após ser atendido na UPA Residencial Itaipu. A delegada Flávia Santos Andrade, responsável pelo caso, disse que a família da vítima relatou em depoimento que a mulher ameaçava o ex constantemente desde o término do relacionamento, o que pode ter motivado o crime. Ainda segundo a delegada, o pai da suspeita auxiliou na prisão. “Ela estava foragida desde o crime, em 26 de fevereiro, ligou para o pai e confessou o crime. Então, ele a aconselhou a se entregar”, disse Flávia ao site G1.

Entretanto, ao se apresentar à Polícia Civil acompanhada de um advogado, a suspeita negou envolvimento no crime. A delegada ainda investiga a participação de outras três pessoas no homicídio. “Pela perícia feita, o homem foi colocado dentro do bueiro e depois atearam fogo ao corpo dele. Em seguida tamparam o local”, explicou. Entre os suspeitos está o atual namorado da mulher. De acordo com a delegada Flávia Andrade,, ele está foragido. A mulher deve ser indiciada por homicídio duplamente qualificado.

Fonte: Daqui
Texto: Helder Barbosa

Published in Estado