Destaque

Items filtered by date: Quarta, 14 Maio 2014

Evento contará com a participação de técnicos de Furnas, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, e outros convidados

 

A prefeitura de Caldas Novas e a Câmara Municipal vão realizar nesta quinta-feira, 15 de maio, Audiência Pública para debater eventuais ataques a banhistas ocorridos no Lago Corumbá. Autoridades ambientais, técnicos de Furnas, e representantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos confirmaram presença.

De acordo com o vereador e líder do Executivo na Câmara, Gilmar Engenheiro (PSB), que propôs a realização da Audiência Pública, o objetivo é identificar soluções em curto e longo prazo para os ataques a banhistas. “Nós já temos informações técnicas que mostram que não existe uma superpopulação de peixes carnívoros no Lago Corumbá. Mas ainda assim, é importante discutir esse caso, e esclarecer todas as dúvidas da população”, afirma.

O prefeito Evandro Magal (PP) disse que a intenção é buscar soluções para os eventuais ataques. “Nós tivemos poucos casos registrados, mais ainda assim estamos empenhados em buscar opções junto com os técnicos especializados nesta área. A prefeitura municipal, o Governo de Goiás, Furnas e entidades ambientais estão unidas com esse propósito”, declarou o prefeito Evandro Magal.

 

O vice-prefeito de Caldas Novas, Marco Aurélio Palmerston (PSDB), também empresário do setor turístico, informou que irá mobilizar uma força tarefa para conscientizar empresários que exploram turisticamente o Lago de Corumbá. "É interesse do município que este problema seja definitivamente solucionado. Por isso, convidamos autoridades, especialistas, entendidos no tema, a imprensa, comerciantes, hoteleiros e populares para propagar este tema e informar com qualidade", explicou o vice-prefeito. 

Furnas, que é a estatal representante jurídica do Lago Corumbá, enviará técnicos para participar da Audiência, entre eles, o biólogo e doutor em zoologia, Dráusio de Freitas Belote, e o biólogo e mestre em oceanografia, Felipe Viana Manzano.

A Secretária Municipal de Meio Ambiente, Celisa Gratão, informou que também foram convidados os acadêmicos e coordenadores dos cursos de Biologia e Engenharia Ambiental da Faculdade de Caldas Novas, representantes do Corpo de Bombeiros, Batalhão Florestal da Polícia Militar, da Secretaria Municipal de Saúde, e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Já o representante da Secretária Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos será o biólogo Diego de Oliveira Tavares, que é gerente de fauna e recursos pesqueiros da Semarh. Desde a última semana, o órgão realiza análises no Lago Corumbá.

Na última quarta-feira, 7 de maio, durante visita técnica a Caldas Novas, biólogo Diego de Oliveira Tavares, ponderou que os ataques registrados aconteceram no período de reprodução dos peixes carnívoros, e que foram casos isolados, próximo à vegetação aquática, que é o local preferido da espécie.

Os representantes da prefeitura de Caldas Novas também esclareceram que não existem áreas públicas nas margens do Lago Corumbá, e que este é administrado por Furnas. Todos osbanhistas que tem acesso ao local primeiro precisam passar por propriedades particulares ou clubes de lazer.

A Audiência Pública acontecerá a partir das 8h da manhã, no Plenário da Câmara Municipal. Toda a população está convidada a participar do debate, que será utilizado para a criação de um plano de ações que será realizado conjuntamente entre o poder público, entidades e voluntários.

 

Serviço: Prefeitura e Câmara Municipal realizam Audiência Pública

Data: Nesta quinta-feira, 15 de maio

Horário: A partir das 8h da manhã

Local: No plenário da Câmara Municipal de Caldas Novas

 

Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas (SECOM)




 

-- 

Published in Cidade

Policiais Civis das delegacias de Jaraguá e Itapuranga, sob o comando dos delegados Webert Leonardo e Geovana Sás Piloto, respectivamente, apresentaram à imprensa, na última terça-feira, Francedilson Nonato Costa, autor de um roubo de veículo ocorrido no dia 21 de março.

Segundo Webert Leonardo, no dia do crime, as três vítimas se encontravam na porta da casa de uma delas, quando o autor se aproximou e, mediante ameaça com arma de fogo, anunciou o roubo e fugiu em seguida, levando celulares, dinheiro e uma motocicleta Honda Biz.

A ocorrência foi imediatamente registrada na Delegacia de Itapuranga. De acordo com a polícia, as investigações mostraram que o autor estaria na cidade de Jaraguá, de posse de um dos objetos roubados. Após contato com a delegada Geovana, de Jaraguá, foi iniciado um trabalho conjunto entre as duas delegacias.

No dia 29 de abril, Francedilson foi localizado e preso em flagrante por roubo qualificado. Um segundo suspeito, Welismar Oliveira Moreira, foi indiciado por estelionato doloso, já que tomou posse de um objetos roubados e revendeu para uma terceira pessoa, como se fosse lícita a procedência.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / Itapuranga / Jaraguá

Published in Estado

Carteira do Artesão dá possibilidade dos profissionais comercializem produtos. Documento é garantia de identificação

 

A Secretaria Municipal de Cultura e Secretaria de Estado da Indústria e Comércio de Goiás entregam "Carteiras do Artesão" do Ministério da Cultura aos artesãos de Caldas Novas. O evento ocorreu no Casarão, sede da Secretaria de Cultura de Caldas Novas. De acordo com Leonidas Barros, Secretário de Cultura, é o reconhecimento de que os artesões da cidade estão credenciados a comercializar seus produtos.

"O recebimento da Carteira Nacional do Artesão e do Trabalhador Manual vai proporcionar a identificação e facilitar a comercialização de todo artesanato produzido em Caldas Novas" diz Leonidas.

A entrega da Carteira do Artesão contou com a presença de André Franco, que é gerente do Programa de Arranjos Produtivos Locais (APL), da Secretaria de Estado da Indústria e Comércio de Goiás.

De acordo com André Franco, a função da APL é detectar locais em que o artesanato existe para poder auxiliar no fomento de condições e regularização dos produtos que são criados por artesões locais.

"Detectamos que aqui em Caldas Novas, o forte do artesão é o de moda praia. Então, a partir de 2015, vamos trabalhar juntamente com o Sebrae para auxiliar na  regularização expansão de produtos associados à moda praia. A entrega da Carteira do Artesão é uma luta de 39 anos para conseguir uma Carteira Nacional de identificação" diz André.

Segundo o gerente da APL, a Carteira Nacional do Artesão é uma criação do Ministério da Cultura. Ele informa ainda que foi feito um cadastro de 39 artesões de Caldas Novas e 6 da cidade de Rio Quente.

"Fizemos o cadastro há 5 meses, e agora retornamos a Caldas Novas para fazer a entrega das Carteiras. Ela é o reconhecimento e legitimação. Tem a chancela do Governo Federal no verso e o selo da Indústria e Comércio do Exterior", afirma André.

Artesanato em Caldas Novas

 

O artesanato em Caldas Novas já corresponde a 30% do artesanato comercializado diretamente no município. É o caso da senhora Dilsa Lourdes, que faz chapéu de crochê, e agora recebe a Carteira Nacional do Artesanato. Seu trabalho terá identificação do Ministério da Cultura. O documento é válido em todo o território nacional. 

 

Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas (SECOM)

 

Published in Cidade