Destaque

Polícia Civil recebe 30 novas viaturas para Goiânia e interior

02 Out 2014
29303 times

A Polícia Civil de Goiás recebeu, nesta quinta-feira, mais 30 novas viaturas, tipo SUV, modelo Tucson, que serão utilizadas pelos grupos especializados. A frota é parte dos 560 novos veículos já entregues para a instituição, a maior parte para o interior do Estado, pelo delegado geral da Polícia Civil João Carlos Gorski, e pelo secretário da Segurança Pública de Goiás, Joaquim Mesquita.

O lote entregue nesta quinta-feira é composto de 139 veículos e beneficiará os grupos especiais da PCGO e também a Patrulha Rural. A Secretaria da Segurança Pública de Goiás conclui nesta semana a entrega das 2.141 novas viaturas para a Polícia Civil, Polícia Militar, Política Técnico-Científica e Secretaria da Administração Penitenciária e Justiça.

No mesmo evento, foram repassados nove veículos para a Superintendência de Política Técnico-Científica (SPTC), que serão usados na remoção de corpos. Cinco deles com tração 4 x 4, para uso em terrenos de difícil acesso. Segundo o secretário da Segurança Pública de Goiás, Joaquim Mesquita, a atualização da frota diminui as carências da Polícia Civil de Goiás. “Sabemos que ainda há muito a melhorar, mas é inegável que estamos avançando e hoje a Polícia Civil tem condições de prestar um bom serviço”, afirmou.

O delegado geral João Carlos Gorski reforçou as palavras do secretário. “Com certeza vamos entregar a Polícia Civil melhor do que quando recebemos”, disse. Além das viaturas, Gorski ressaltou outros investimentos na PCGO, como a realização de concurso público, construção da Academia e o programa Dinheiro Direto nos Quartéis e Delegacias, que disponibilizou R$ 4 milhões para obras de reforma. “Em muitas unidades as reforças já começaram”, disse.

Durante o evento, o secretário Joaquim Mesquita afirmou, ainda, que a Procuradoria-Geral do Estado estuda a possibilidade jurídica da convocação de excedentes do último concurso. Caso o entendimento seja pela legalidade, aproximadamente 400 aprovados no último pleito poderão ser chamados.

Essa é a terceira renovação completa da frota das forças de segurança desde 2011. O contrato de locação com quatro empresas é de R$ 110 milhões. O valor inclui a tecnologia embarcada, como rastreadores GPS e rádio, além de equipamentos como giroflex. Além disso, em caso de avaria, as empresas responsáveis têm 24 horas para substituir o veículo. Dessa forma, os serviços prestados à população não correm risco de sofrer interrupção.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil (com Ascom SSP)
Foto: Polícia Civil

 

Rate this item
(0 votes)