Destaque

Escrituras das casas da Vila de Furnas em Caldas Novas serão regularizadas, afirma direção da estatal

22 Mar 2014
522 times

As escrituras da Vila de Furnas, em Caldas Novas, serão regularizadas até o ano de 2015, de acordo com diretores da empresa estatal. A informação foi repassada durante reunião na Prefeitura de Caldas Novas com o prefeito Evandro Magal (PP), na manhã desta quarta-feira, 19 de março.

Uma comitiva de Furnas está no município para estudar meios legais para repassar as casas para os moradores da vila residencial, as populares casas de madeira, construídas para abrigar os trabalhadores envolvidos na construção da Usina Hidroelétrica de Corumbá.

Durante reunião realizada na prefeitura de Caldas Novas, o Superintendente de Comunicação e Relações Institucionais de Furnas, Pedro Cardoso Franco, disse que a estatal repassará as casas para os moradores. “As pessoas estabelecidas nas residências não correm risco de serem despejadas, queremos resolver essa situação o mais breve possível. Para isso, realizamos uma visita técnica para discutir todas as possibilidades de solução, em parceria a prefeitura e Câmara Municipal”, ressaltou.

De acordo com informações da comitiva de representantes de Furnas, deverá ser realizado um levantamento de dados de todos os atuais moradores da vila residencial, para a concessão de documentos do imóvel. O objetivo é identificar quantas famílias serão beneficiadas.

O prefeito Evandro Magal disse que a regularização das escrituras significa a realização de um sonho para centenas de moradores da Vila de Furnas. “Esse é um grande sonho que está se realizando, graças a um esforço conjunto da prefeitura municipal e do trabalho institucional de representantes sérios, como a deputada federal Magda Mofatto. Isso é resultado de muitas visitas a Ministérios em Brasília, e até na sede de Furnas, no Rio de Janeiro, buscando diálogo para resolver esse problema”, declarou o prefeito Evandro Magal.

Segundo o veterinário José Antônio, que reside na Vila de Furnas, a documentação trará tranquilidade para os moradores. “Nós tínhamos muito medo de sermos despejados, e perder nossas casas. Mas hoje é um dia que podemos comemorar, pois estamos a um passo de termos as nossas escrituras em mãos”, ressaltou.

Na reunião também estava presente o vereador Marim Pires (PSDB), Saulo Inácio (PSDB), Geraldo Pimenta (PSDB), Gilmar Engenheiro (PSB), Wanderson Nunes (PSL), Cláudio Costa (PMDB) e Zélia do Sargento Arlindo (PTC), secretários municipais, e uma comissão de moradores da Vila de Furnas.

Furnas também busca solução para aterro de ilha no Lago Corumbá

A direção de Furnas afirmou durante reunião na manhã desta quarta-feira, que também busca uma solução para o caso do aterro de uma península no Lago Corumbá, popularmente conhecida como “Ilha do Zé Araújo”, antigo proprietário do local.

Existe uma decisão judicial que determina a demolição do aterro que foi construído para dar acesso à ilha. A intenção de Furnas é buscar o diálogo com o Ministério Público, e entidades responsáveis, com objetivo de não prejudicar os moradores que possuem propriedade no local.

O prefeito Evandro Magal disse que a parceria com furnas poderá resultar em grandes benefícios para Caldas Novas. “Nós conversamos com o Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o presidente de Furnas, Flávio Decat, e expusemos todas essas situação. Graças a essa mobilização, a comitiva de representantes foi enviada ao nosso município para discutirmos mecanismos legais para resolvermos esses casos”, afirmou o prefeito Evandro Magal.

Furnas realizará estudo ambiental para conter peixes carnívoros no Lago Corumbá

Durante a visita técnica, os representantes de Furnas adiantaram que será realizado um estudo ambiental sobre a proliferação de peixes carnívoros no Lago Corumbá. Já foram registrados casos de ataque a banhistas, e pescadores da região relatam o desaparecimento de espécies nativas de alevinos.

O estudo foi solicitado pelo prefeito Evandro Magal durante reunião com o presidente de Furnas, Flávio Decat, no Rio de Janeiro. “Esse é um caso que precisa ser analisado por especialistas, já que podemos estar acompanhando um grave caso de desequilíbrio ambiental, o que nos deixa apreensivos, já que as belezas naturais, como o Lago Corumbá, são os grandes atrativos da nossa cidade”, destacou o prefeito Evandro Magal.

 

 

Fonte: Secretaria de Comunicação de Caldas Novas (SECOM)

Rate this item
(0 votes)